Pesquisar por:

Aquisição de veículo…

“A Fundação José Relvas dispõe de uma nova carrinha de 5 lugares para transporte e apoio aos vários setores da Instituição. A nova carrinha pretende responder às necessidades existentes e proporcionar o máximo de conforto nas deslocações dos seus utentes, sobretudo no contexto em que vivemos e que exige cuidados suplementares.”

 

Alterações no regime das visitas…

A Fundação José Relvas, vem por este meio, informar que existem alterações no regime das visitas aos utentes da Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, nomeadamente:

– As visitas passam a decorrer em espaço ao ar livre (na entrada principal), duas em simultâneo (sempre que se justifique) sendo que as condições de segurança e medidas previstas pela DGS se encontram asseguradas;- Os utentes e visitantes devem permanecer com a máscara no decorrer da visita e, aos visitantes será medida a temperatura no início da visita, assim como será disponibilizado álcool gel para desinfeção das mãos;

– No caso dos utentes que se encontram no cadeirão, não deverá ser marcada mais nenhuma visita nesse horário e a visita deverá decorrer na porta principal (o utente ficará no lado de dentro das instalações e os visitantes no lado de fora e estarão separados por mesas com acrílico);

– É permitida a entrada de bens alimentares e/ou produtos de higiene e medicação (desde que as suas condições de acondicionamento permitam a sua desinfeção antes de serem entregues aos utentes) e, neste caso deverão ser entregues ao colaborador que está a acompanhar a visita;

-No caso dos utentes acamados, as visitas decorrem à janela (entreaberta) do quarto. Tanto os utentes como os visitantes devem permanecer com a máscara no decorrer da visita.Solicitamos a Vossa compreensão e cumprimento das medidas impostas afim de salvaguardar quer os utentes quer os visitantes!

Mudanças emocionais…


Mudanças emocionais e comportamentais na adolescência.

A adolescência é uma fase do desenvolvimento que, segundo a OMS, tem inicio por volta dos onze anos.
Ao longo do período de transição entre a infância e a idade adulta, os adolescentes passam por uma séria de alterações psicossociais , mudanças na forma como o jovem pensa, como se relaciona com a família e com os seus pares, implicando assim, alterações a nível da sua identidade e aumento da sua autonomia.
Do ponto de vista cognitivo, é caracterizada por um aumento da capacidade de pensamento abstrato, de conhecimento e de raciocínio lógico. Estas alterações implicam a aquisição da capacidade de pensar sobre coisas que ainda não conhecem ou não são concretas (como o futuro e as regras morais) e estabelecer hipóteses sobre factos imaginários.
Do ponto de vista social, a adolescência é uma fase de mudanças significativas que têm sido descritas como “crise de identidade”, ou “psicose normativa”. A este nível é possível, não apenas, um desenvolvimento progressivo da autonomia, como também a construção da sua identidade. Os jovens deixam de necessitar dos seus cuidadores, para a realização das suas atividades diárias e estabelecem os seus próprios interesses, hábitos, ideias e valores, construindo a sua identidade do ponto de vista moral e ético, sexual, profissional, vocacional e social.
A tomada de decisões de forma consciente e um estilo de vida saudável durante a adolescência têm um impacto muito grande para a vida adulta.